(61) 3445-1544
(61) 3771-1201

Glomerulopatia é o nome que damos ao grupo de doenças que acometem os glomérulos, uma estrutura microscópica existente nos rins, que é responsável pela filtração do sangue e produção da urina. Existem vários tipos de glomerulopatias, sendo a glomerulonefrite (inflamação dos glomérulos) a forma mais comum.

O termo glomerulonefrite não serve para designar todas as doenças dos glomérulos, ele deve ser empregado apenas quando há sinais de inflamação do glomérulo. O mais correto é dizer glomerulopatias ou doenças glomerulares. A glomerulonefrite é apenas um tipo de glomerulopatia.

Na glomerulonefrite, um processo inflamatório causa lesão e reduz a capacidade dos glomérulos filtrarem o sangue, provocando um quadro de insuficiência renal aguda, hipertensão e sangue na urina. A presença de sangue na urina, seja ele visível a olho nu ou microscópico, é um sinal muito típico das glomerulonefrites, apesar de não ser exclusivo destas. A inflamação dos glomérulos permite que células do sangue (hemácias) passem pelas membranas glomerulares e caiam nos túbulos renais. Como os túbulos não conseguem reabsorver as hemácias, elas aparecem na urina.

Na síndrome nefrótica, o mais comum é ocorrer uma lesão na membrana glomerular sem que haja inflamação evidente. É como se a membrana apresentasse buracos, como na analogia com coador furado feita há pouco. As proteínas que não deveriam ser filtradas passam em direção aos túbulos e são indevidamente eliminadas na urina. Por isso, perda de proteínas na urina, chamada de proteinúria, é um sinal típico de doença glomerular. E o pior, a proteinúria além de ser um sinal de lesão dos rins, é também responsável pelo agravamento do quadro. Os túbulos não estão preparados para receber proteínas, e na tentativa de reabsorvê-las de volta para o sangue, suas células acabam sofrendo lesão. Portanto, em um primeiro momento, a proteinúria nos mostra que há algo de errado no rim, e, posteriormente, se não for tratada, ela passa a ser mais um fator de agressão e evolução para insuficiência renal.

Os principais sintomas da proteinúria são a presença de muita espuma na urina e o aparecimentos de inchaços no corpo.

É importante destacar que não é incomum os pacientes com doenças glomerulares apresentarem sinais de síndrome nefrótica e síndrome nefrítica ao mesmo tempo.


Fonte: MD.Saúde

Asa Sul

(61) 3445-1544
(61) 3771-1201

Fale Conosco

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida